Copy
Clique para ver no navegador
15 de agosto de 2022

Ruralômetro: 68% da Câmara vota contra meio ambiente, indígenas e trabalhadores rurais

Ferramenta desenvolvida pela Repórter Brasil, o Ruralômetro2022, aponta que 68% da Câmara, ou 2 a cada 3 deputados, são cúmplices do desmonte socioambiental promovido pela gestão de Jair Bolsonaro (PL).

Esses parlamentares apresentaram projetos de lei e votaram mudanças legislativas que prejudicam a fiscalização ambiental, favorecem atividades econômicas predatórias, precarizam a legislação trabalhista, dificultam o acesso a benefícios sociais e travam a reforma agrária, dentre outros retrocessos apontados por organizações socioambientais.

Para avaliar os deputados, foram analisadas 28 votações nominais e 485 projetos de lei apresentados na atual legislatura, iniciada em fevereiro de 2019. 

Os resultados da análise indicam o avanço da “nova direita” no Legislativo e mostram também o poder em Brasília da Frente Parlamentar da Agropecuária, conhecida como bancada ruralista, que tem influência hoje sobre dois terços da Câmara. 

Quem mais se destacou com propostas e votos considerados antiambientais e anti-indígenas foram deputados homens, eleitos por estados da Amazônia Legal e da região Sul, além de representantes da “nova direita”.

Dos 20 piores pontuados no Ruralômetro 2022, 14 estão em primeiro mandato e 13 deles são do PL, partido do presidente Jair Bolsonaro. É o caso de Nelson Barbudo (PL-MT), “campeão” do ranking entre os parlamentares pior avaliados. Todos os seus oito projetos de lei incluídos no levantamento foram considerados danosos ao meio ambiente.

Em sua primeira legislatura, estreando com oito deputados, o Novo foi a legenda pior avaliada pelo Ruralômetro. Em segundo lugar ficou o PTB, seguido pelo PL, do presidente Jair Bolsonaro. 

Santa Catarina é a unidade da federação com mais deputados mal avaliados pelo ranking (94%), seguida por três estados da Amazônia Legal: Amazonas, Mato Grosso e Roraima (88% cada).

Além de agrupar os votos e os projetos de impacto socioambiental, o Ruralômetro mostra também quais deputados já foram multados pelo Ibama ou pelo Ministério do Trabalho, e também se o político recebeu doações eleitorais de pessoas que cometeram infrações ambientais e trabalhistas.

O Ruralômetro 2022 avaliou 499 dos 513 deputados, excluindo aqueles que participaram em menos de 10 das votações selecionadas, os suplentes que assumiram no meio do mandato e três deputados que morreram no decorrer da legislatura.

Consulte o Ruralômetro

Apoie o jornalismo independente 

A Repórter Brasil investiga e denuncia trabalho escravo, conflitos socioambientais e violações de direitos humanos em grandes reportagens que dão visibilidade aos mais vulneráveis do país. Em duas décadas, nossas investigações e documentários ganharam mais de 20 prêmios. Basta um clique para doar qualquer valor, seja com uma contribuição mensal ou única. Obrigada!

Apoie o jornalismo investigativo da Repórter Brasil
Quer receber a newsletter da Repórter Brasil? Cadastre seu e-mail aqui. Não custa nada.
Website
Twitter
Facebook
Instagram
YouTube






This email was sent to <<Endereço de e-mail>>
why did I get this?    unsubscribe from this list    update subscription preferences
Repórter Brasil · Rua Bruxelas, 169 · Sumaré · São Paulo, SP 01259-020 · Brazil