Copy
Debate: A ilustração no Brasil hoje
Visualizar no navegador

Debate: A ilustração no Brasil hoje

 

Dia 12 de Julho de 2018 às 19h
no Teatro do SESC Bom Retiro

 

Alameda Nothmann, 185
Entrada gratuita

Evento que integra a exposição 
A Ilustração como porta para o mundo


 

 

Tendo como pano de fundo a exposição A Ilustração como Porta para o Mundo – 50 anos da Mostra de Ilustradores da Feira de Bolonha, em cartaz no Sesc Bom Retiro a partir de 9 de julho, o tema central do debate será o papel da ilustração e dos ilustradores hoje no Brasil, apontando trajetórias, conquistas e a presença dos artistas brasileiros no plano internacional.
 
Convidados: 
Daniel Bueno. Laura Teixeira, Mariana Zanetti, Odilon Moraes e Stela Barbieri
 
Mediação:
Dolores Prades
 

Daniel Bueno é formado pela FAU-USP e atua como ilustrador e professor. Já colaborou para mais de cinquenta revistas do país. Levou diversos prêmios no Brasil e no exterior, como três livros premiados com o Jabuti e dois prêmios Bronze na revista 3x3 (EUA). Com o livro A janela de esquina do meu primo (Cosac Naify, 2010) recebeu, dentre outros prêmios, uma menção honrosa na Feira Internacional do Livro Infantil de Bolonha e expôs no Ilustrarte (Portugal), Bienal da Bratislava (Eslováquia) e na Society of Illustrators (New York). Fez mestrado pela FAU-USP com a pesquisa “O Desenho Moderno de Saul Steinberg: obra e contexto” (2007). É fundador do Charivari, coletivo de artistas que já lançou doze publicações desde 2005. É professor da EBAC – Escola Britânica de Artes Criativas desde 2016.
 
Laura Teixeira é autora de livros de imagens, ilustradora e designer. Mestre pela FAU-USP, especializou-se na Eina (Barcelona). É autora de Pássaro-desenho e Bolinha branca (Mov Palavras, 2015) e ilustrou textos de Hilda Hilst, John Williams, John Banville e Raimundo Carrero. Colaborou com as editoras Cosac Naify e Biblioteca Azul, além de jornais e revistas (Folha de S. Paulo, Le Monde Diplomatique, Quatro Cinco Um). Dá cursos e oficinas (Laboratório Emília, SESC, UNESP, Espaço Cultural Porto Seguro) e foi selecionada para diversas exposições no Brasil e exterior.
 
Mariana Zanetti começou a ilustrar livros em 2004, depois da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP. Na mesma época formou, junto com outros ilustradores arquitetos, o Charivari. Ilustrou mais de 20 livros e também colaborou para textos editoriais. Tem diversos trabalhos selecionados para o catálogo da FNLJ na Feira de Livro Infantil de Bolonha. Ilustrou em grandes dimensões nos muros do SESC Belenzinho, da sede do SESC e na biblioteca dos Coruchéus, em Lisboa, esse último em parceria com a ilustradora portuguesa Catarina Sobral. Em 2017, foi finalista do Prêmio Jabuti com as ilustrações de Macunaíma.
 
 Odilon Moraes cursou arquitetura, mas sua paixão por livros e desenhos (bem como uma boa dose de acasos) o levou a trabalhar com ilustração de livros e recebeu prêmios como o Jabuti e o Adolfo Aizen, prêmio da União Brasileira de Escritores. Em 2002, a Companhia das Letrinhas publicou A princesinha medrosa, o primeiro livro que Odilon, além de ilustrar, escreveu.

Stela Barbieri é artista, educadora, escritora e consultora nas áreas de educação, artes e literatura. É conselheira da Pinacoteca do Estado de São Paulo e foi conselheira da Fundação Calouste Gulbenkian de 2012 a 2016. Foi curadora educacional da Bienal de Artes de São Paulo (2009-2014) e diretora da Ação Educativa do Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo (2002-2014). É assessora de artes plásticas na Escola Vera Cruz há mais de 25 anos, autora de livros infantis e contadora de histórias. Dirige o Binah Espaço de Artes, um ateliê vivo, com palestras, cursos e encontros experimentais. Foi selecionada na Mostra de Ilustradores de Bolonha em 2018.

 
© ilustração Mariana Zanetti
 
Copyright © 2018 Revista Emília. Todos os direitos reservados.


Alterar minhas preferências | Não quero mais receber isso